AMINOÁCIDO: COADJUVANTE NO TRATAMENTO NUTRICIONAL E REDUÇÃO DO ESTRESSE




O cenário da pandemia lançou luz sobre danos psicológicos que podem ser significativos e duradouros. Uma mudança no hábito e no cardápio como uma alimentação rica em aminoácidos tem potencial de aliviar sintomas como estresse e ansiedade.



Nesse cenário, o corpo e a mente têm sofrido impactos diante às mudanças de rotina, seja pela reclusão ou pela cobrança na adaptação de trabalho home-office, ocasionando alto nível de estresse.



Segundo estudos, uma alimentação equilibrada, rica em triptofano, pode melhorar sintomas como fadiga, insônia e até tensão muscular. Esse aminoácido ajuda na formação da serotonina, substância relacionada ao sentimento de felicidade e bem-estar.



Os aminoácidos podem ser encontrados em alimentos de origem vegetal e animal ricos em proteínas, atuam na formação de músculos e neurotransmissores, possuem efeitos anti-inflamatório, antibiótico e antioxidante.



Alimentos como peixes (salmão, sardinha, atum e outros), oleaginosas, sementes, chocolate amargo, queijos, banana, leite e ovos são ótimas fontes de aminoácidos para serem introduzidos no dia a dia.



O que são aminoácidos?
Ao todo são 20 aminoácidos, nove são aminoácidos essenciais (leucina, valina, lisina, histidina, isoleucina, triptofano, fenilalanina, metionina, treonina) que se unem aos 11 aminoácidos não essenciais, aqueles sintetizados pelo corpo humano.



Aminoácidos essenciais são aqueles que o organismo não consegue produzir, fazem parte da alimentação diária encontrados em alimentos de origem vegetal e animal.



Para que servem os aminoácidos? Aminoácidos desempenham papéis importantes no organismo, como melhora do sono, da massa muscular e do desempenho físico. Possuem benefícios como efeito anti-inflamatório, antioxidante e antiviral, além da atuação na formação de neurotransmissores, como a serotonina, hormônio do bem-estar.



Onde encontrar aminoácidos?
Alguns alimentos ricos em aminoácidos:
• Frutas cítricas: A vitamina C diminui a secreção de cortisol, hormônio relacionado ao estresse, além de promover o bom funcionamento do sistema nervoso e a sensação de bem-estar.
• Leite, ovos e derivados: ricos em triptofano, responsável pela produção de serotonina, hormônio que proporciona a sensação de felicidade e bem-estar.
• Carnes e peixe: fonte de taurina e triptofano, contribuindo para a manutenção da composição corporal, imunidade e controle da ansiedade .
• Chocolate: rico em triptofano e interação de lipídeos que auxiliam no equilíbrio da ansiedade e estresse.



Pensando em manter uma saúde equilibrada, além da alimentação nutritiva e balanceada, é importante praticar atividades físicas regulares, hidratar-se corretamente e se atentar a qualidade diária do sono.



Referências:
SANTOS et al., 2010
ROHFLS et al., 2005:CORTEZ et al., 2007: MORAIS et al., 2016: ENUMO et al., 2020
FIORIM, 2020: BAVEL et al., 2020:BARROS, 2020



Caroline Ayme Fernandes Yoshioka é nutricionista Esportiva-EEFE/USP, mestre em Suplementação-USJT, doutoranda em Esporte-UNICAMP e consultora da Ajinomoto do Brasil no Projeto Vitória.