AMINOÁCIDOS: MELHORA DA PERFORMANCE ESPORTIVA





Em busca da “longevidade esportiva” estudos buscam soluções acerca de prevenção de lesões e desempenho esportivo saudável, onde é possível que a suplementação de aminoácidos livres possa contribuir para o equilíbrio nutricional, manutenção de massa magra e consequentemente prevenindo lesões musculares associadas à carga de treinamento inserido.

Cada modalidade possui um respaldo acerca de idade e desempenho esportivo. Fisiologicamente existirão mudanças na frequência cardíaca e massa muscular, favorecendo ou prejudicando o atleta. E com o decorrer dos anos, o direcionamento de treino deve ser ajustado.

Benefícios dos aminoácidos para a prática esportiva

No corredor de longa distância, por exemplo, percebe-se uma melhora de resistência e peso com o passar dos anos. Além de uma melhora da economia de movimento e qualidade técnica, que evolui à medida que o reflexo motor pode vir a ser depreciado.

Estima-se que com o passar dos anos, a depreciação do reflexo muscular possa impactar e favorecer lesões. Deste modo, o uso de aminoácidos pode auxiliar na melhora destes aspectos, otimizando tempo de recuperação e estágio de fadiga associada e contribuir nutricionalmente nas etapas cronobiológicas de um atleta de alto nível.

Aminoácidos essenciais: preservação de massa muscular

Um ajuste ergogênico importante que atinge várias idades e grupos é a suplementação de aminoácidos essenciais na preservação de massa magra, otimização de reflexo motor, recuperação de lesões, atuação nos processos inflamatórios, e contribuições acerca de equilíbrio nutricional demandado diante das fases de treinamento e viagens competitivas à países com hábitos alimentares distintos.

Uma curiosidade está em estratégias nutricionais de manutenção de peso corporal, no qual, utiliza-se os aminoácidos livres substituindo a proteína em termos calóricos e de absorção. Demonstrando efetividade justificada.

Além de tudo, os aminoácidos podem ser vistos beneficamente em processos pertinentes à composição corporal, perda de peso e liberação de hormônios importantes.


REFERÊNCIAS:

ASSUMPÇÃO, C.O.; SOUZA, T.M.F.; URTADO C. B.; PRESTES, J. Treinamento resistido frente ao envelhecimento: uma alternativa viável e eficaz. Anuário da produção acadêmica docente, São Paulo, v. 2, n. 3, p. 451- 476,2008.

BOMPA, T. Periodização: Teoria e metodologia do treinamento. 4 ed. São Paulo: Phorte, 2002.

KENNEY, W.L; WILMORE, J.H; COSTILL, D.L. Fisiologia do esporte e do exercício. 5. ed. São Paulo: Manole, 2013.

MORAIS, I.J.; ROSA, M.T.S.; SECURON, R.E.D.; RIALDI, W. The improvement of the muscular strength in elderly ladies through a strength progressive intensity training program. Revista da educação física: UEM Maringá, v. 15, n. 2, p. 7-15, 2004.

Santos, C. de S.; Nascimento, F. E. L. Consumo isolado de aminoácidos de cadeia ramificada e síntese de proteína muscular em humanos: uma revisão bioquímica. Einstein, v. 17, n. 3. 2019.

Jäger, R. et al. International Society of Sports Nutrition Position Stand: protein and exercise. Journal of the International Society of Sports Nutrition, v. 14, n. 20. 2017.

Kerksick, C. M. et al. ISSN exercise & sports nutrition review update: research & recommendations. Journal of the International Society of Sports Nutrition, v. 15, n. 38. 2018.

BELL D.G; MCLELLAN T.M; SABISTON C.M. Effect of ingesting caffeine and ephedrine on 10-Km run performance. Medicine and Science in Sports and Exercise, 34, 344-349, 2002.

BILLAT V; PIERRE-MARIE L; ANNE-MARIE H; MILLE-HAMARD L; DRAI S; KORALSZTEIN J.P. Training and bioenergetic characteristics in elite male and female kenyan runners. Medicine and Science in Sports and Exercise, 35, 297-304, 2003.

BILLAT L.V. Interval training for performance: a scientific and empirical practice: special recommendations for middle and long-distance running. Part 1: aerobic interval training. Sports Medicine, 31, 13-31, 2001.


Caroline Ayme Fernandes Yoshioka é nutricionista Esportiva-EEFE/USP, mestre em Suplementação-USJT, doutoranda em Esporte-UNICAMP e consultora da Ajinomoto do Brasil no Projeto Vitória.